O que nos move?

Às vezes somos encurralados com questões ético-filosoficas que por norma nos levam sempre ao ponto de partida: o que nos move? É certo que a resposta para esta pergunta pode (por vários motivos) ser complexa, porém, é essêncial que consigamos simplificar as razões que nos movem para todos consigam compreender qual é o sentido do nosso caminho.

Primeiramente, é preciso olhar para o socialismo democrático como uma ferramenta para transformação da sociedade, e nós socialistas, republicanos, democratas estamos dotados da maior arma para levar a cabo essa transformação: os nossos valores e princípios. São eles que guiam a nossa ação política, não fazendo para nós sentido trilhar qualquer caminho se não for em liberdade e pela igualdade.

Gostaria de colocar para reflexão as seguintes questões: será que há igualdade sem liberdade? E como podemos atingir algo mais próximo da igualdade plena se nem todos somos livres, principalmente se nem todos temos acesso às mesmas ferramentas de libertação?

Depois destas questões que para alguns admito que possam ser um pouco confusas, é importante explicar que a liberdade por si, não é um conceito objetivo , ou seja não é algo que possamos definir com exatidão. Desde logo porque a nossa sociedade apresenta-nos vários tipos de liberdade e muitas vezes umas condicionam as outras.

É também essencial explicar que a luta pela igualdade não pode ser vista apenas e só como a garantia universal de um determinado bem (educação, saúde, proteção jurídica ect ) tem de ser vista acima de tudo a garantia que partimos todos nas mesmas condições independentemente do sitio de onde viemos , ou do que temos.

Voltando à primeira pergunta: o que nos move? A mim o que me move é saber que não somos todos iguais, é saber que no tempo em que vivemos existe apenas uma linha que separa a fome da ostentação, que nem todos temos acesso a ferramentas que visam a libertação social através da iluminação intelectual, e infelizmente ainda faz toda a diferença de onde e quem somos, desde logo através da facilidade/dificuldade de acesso a bens e serviços que facilitam ou dificultam a formulação do livre pensamento.

Vamos pela Esquerda, pela Igualdade em Liberdade

Sempre !

Abel Matinhos

Jurista / Presidente da JS Algarve

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s