Ensino profissional: 2° ou 1° Divisão ?

O Ensino Profissional tem vindo a cimentar, ano após ano,  o seu caminho. Não obstante, ainda existe muito estigma sobre esta via alternativa, o que se reflete,  por exemplo, em pensamentos como “só os alunos menos capacitados optam por essas vias” ou “só vais para um curso profissional para concluíres o 12º ano sem teres de fazer exames nacionais”, o que muitas das vezes não corresponde à realidade e eu, no meu percurso escolar, sou um dos milhares de exemplos disso.

Quando, na transição do ensino básico para o ensino secundário, tive que escolher para qual das direções  virar, na longa estrada que é o  percurso escolar de um jovem, confesso que as opções eram bastante distintas: uma delas era enveredar pela via cientifico-humanística, matriculando-me em Línguas e Humanidades, o que me permitiria a entrada futura em Direito, ou escolher uma via alternativa, optando pelo Ensino Profissional e assim abraçando o mundo das novas tecnologias.

Acabei por escolher a via profissionalizante por ser um curso ligado à tecnologia, uma das minhas paixões desde sempre. Reconheço que tive muitas hesitações, em grande medida por força desse estigma que falei anteriormente. Tive muitas pessoas que me questionaram sobre as minhas certezas nesta escolha reforçando sempre o possível impacto que poderia ser irreversível na construção do meu futuro.

Hoje, depois de concluir esse Curso Profissional e um CTESP, estou neste momento a frequentar o 2º ano de uma licenciatura em Engenharia Informática. Sou um entre milhares de testemunhos que demonstram que todos os percursos são válidos e que a frequência no Ensino Profissional significa uma formação especializada, não necessariamente mais facilitista ou destinada a juntar alunos com percursos intermitentes.

Nunca me senti, neste trajeto, diminuído pela opção que tomei. O nosso país tem feito um caminho sólido de valorização das vias profissionalizantes, o que se tem refletido na crescente valorização que pais, alunos e empresas fazem destas vias. Deve ser uma missão coletiva das comunidades educativas e uma prioridade governativa atingirmos a meta de termos metade dos alunos matriculados numa via profissionalizante, o que nos permitiria aproximar dos números de muitos países europeus de referência.

Temos importantes desafios na qualificação da nossa população, em especial das novas gerações, e temos dados passos fundamentais como o alargamento da escolaridade obrigatória, o programa de manuais gratuitos, a progressiva redução do nº de alunos por turma, o incremento da cidadania ou o reforço da flexibilidade curricular. As vias profissionalizantes podem dar um inestimável contributo a estas ambições enquanto parte de uma escola com ofertas de formação amplas e não castradoras. Para isso releva significativamente o passo histórico que foi dado no acesso ao ensino superior neste ano letivo, contruindo-se concursos especiais de acesso ao ensino superior para os estudantes que tenham concluído o nível secundário de educação, através das vias profissionalizantes e de cursos artísticos especializados. Este concurso especial criou um canal de acesso mais justo, será certamente fundamental para alargar a base de acesso dos jovens portugueses ao ensino superior, ainda aquém do expectável nestes alunos, e valorizará as vias profissionalizantes como oportunidades de formação.

Há que garantir que todos os estudantes se sintam orgulhosos dos caminhos e decisões que traçam, livres de preconceitos e amarras sociais.

Sigam os vossos sonhos e não tenham medo de arriscar, tu é que decides para a qual direção  queres virar. O Ensino Profissional é cada vez menos a 2º divisão da oferta formativa e cada vez mais uma via de 1º divisão.

Alex Silva

Estudante de Engenharia Informática no Instituto Politécnico de Castelo Branco. Presidente de Concelhia da JS de Ponte de Sor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s