Solidariedade com Ken Loach

A expulsão de Ken Loach

Ken Loach, realizador britânico de 85 anos conhecido pela sua militância socialista e pelos seus filmes críticos das políticas neoliberais, é a mais recente vítima da histeria persecutória de Keir Starmer, atual líder do Labour. O realizador anunciou nas redes sociais ter sido expulso do Partido como consequência da sua recusa em desonrar os camaradas críticos desta liderança que já foram expulsos do partido.

A devota militância de Ken Loach tem estado presente ao longo de toda a sua filmografia. Sempre se afirmou socialista e regressou ao Labour aquando da subida à liderança do partido de Jeremy Corbyn, após ter saído nos anos 90 em rutura com as políticas de Tony Blair.

A expulsão de que agora é vítima é sintomática do desvio ideológico e autoritário da nova liderança do Labour que, segundo sondagens recentes, 59% dos britânicos reprovam, enquanto apenas 21% a aprovam.

A histeria persecutória

No mês passado, o National Executive Committee (NEC) do Labour determinou a expulsão de quatro organizações de esquerda do Labour Party (Resist, Socialist Appeal, Labour in Exile Network e Labour Against the Witchhunt) por serem “incompatíveis” com os “valores” do Labour. Conforme avançado pelo “The Mirror”, poderemos estar da expulsão de cerca de 1.000 militantes.

É evidente a motivação política por detrás desta expulsão. A organização “Momentum” (que surgiu aquando da eleição de Jeremy Corbyn como líder do Partido em 2015) e que constitui hoje o maior grupo organizado de esquerda dentro do partido (com cerca de 40 mil filiados segundo dados de 2019), já se insurgiu contra a purga levada a cabo por Keir Starmer.

Recorde-se que Corbyn foi suspenso do Partido pela direção de Keir Starmer após infundadas acusações de anti-semitismo que constituíram parte da conspiração montada por Starmer e pela ala direita do Partido para derrubar e minar o caminho de Corbyn e do Labour Party, culminando num resultado eleitoral desastroso nas últimas eleições. A ala direita prefere matar o partido a ver uma liderança de esquerda no Partido e no Reino Unido.

A morte do Labour

Desde que Keir Starmer assumiu a liderança do Partido cerca de 120 mil militantes abandonaram o Labour, o que significa que o Labour está a perder cerca de 250 militantes por dia. Dezenas de milhares de militantes estão a abandonar o partido e a cancelar o pagamento de quotas por débito direto. Os sindicatos ligados ao partido interromperam também as suas contribuições financeiras.

Perante as dificuldades financeiras, os “grandes doadores” por detrás da campanha de Starmer ainda não se chegaram à frente para cobrir a situação débil das contas do Partido. Está previsto o despedimento de cerca de 90 funcionários do partido.

Este é o miserável retrato de um partido que perde militantes, perde financiamento, perde funcionários e perde a confiança do povo trabalhador.

A Starmer e à ala direita não bastou minar o caminho a Corbyn e danificar irreversivelmente a imagem do partido com as suspeitas de anti-semitismo que fizeram recair sobre a direção deste. Agora, a prioridade de Starmer e da ala direita continua a não ser fazer oposição ao Governo conservador, mas sim aniquilar, perseguir e silenciar a esquerda do partido e todos os apoiantes de Jeremy Corbyn.

Todos os trabalhistas, socialistas democráticos e social-democratas devem, por imperativo de consciência, solidarizar-se com Ken Loach e com os militantes vítimas da caça às bruxas levada a cabo pela liderança de Keir Starmer e de David Evans.

Diogo Henrique Vintém

Defensor radical de uma verdadeira democracia política, económica, social e cultural

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s